segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Quero ver se você tem atitude se vai encarar...



Outro dia tava cantarolando a música “Cabide” quando uma das meninas do Thinspo me ligou. Durante a conversa disse a ela que escreveria um post com o refrão dessa música... pois bem, aqui está...

Hoje o blog Perfection faz dois anos!!!
Uau! Eu mesma me espanto!
Olhando pra trás e vendo todo o caminho percorrido até aqui, chego a me emocionar. Conheci pessoas incríveis e com elas estabeleci uma relação de verdadeira amizade, de muito carinho e respeito. Com elas troquei confidências e conheci um mundo secreto que escondia muita dor e sofrimento.
Há dois anos, o que eu mais ouvia dessas pessoas era que anorexia era um “estilo de vida”. Foi fantástico pra mim ver que pessoas que antes pensavam assim, amadureceram, evoluíram e trocaram a ana e a mia por um modo mais realista de ver a vida. Compreenderam que a ana e a mia eram formas inúteis de fugir de dores antigas que não cessavam de incomodar. Hoje muitas delas estão tomando uma atitude em relação às suas vidas e estão encarando suas dores sem subterfúgios.
Ainda hoje vejo pessoas nos blogs em seus mundos de imaginação em que a ana e a mia ocupam a posição de personagens míticos salvadores que irão conduzi-las à perfeição. Quão real é isso? Isso é mesmo possível?
Outro dia recebi o seguinte comentário no meu blog:
“Anorexia não é doença, é um estilo de vida, e um dia todas vamos ser perfeitas!”
“Um dia todas vamos ser perfeitas...” Isso não parece um conto de fadas? Será que alguém acredita nisso mesmo?
No meu MSN tem um contato cujo nick é: “você quer saber até onde vai meu limite? Então veja a partir de agora!”
Sabe há quanto tempo eu vejo essa frase entrar e sair? Quase dois anos...
Isso por si só já diz muita coisa, não?
Olhe pra sua vida...
O que você fez nos últimos dois anos?
Olhe pra sua vida hoje, o que essa busca por perfeição te trouxe além de sofrimento?
Onde você quer estar nos próximos dois anos?
Que tal fazer projetos realísticos para essa semana ou para a próxima?
Que tal se perguntar essa semana por que você usa a comida como punição?
Que tal ao invés de tentar fazer um NF radical você tentar radicalmente não ter uma compulsão? Que tal você encarar sua vida tal como ela é e ter atitude para mudá-la da maneira que você pode, um pouco a cada dia?
Hoje, nos meus dois anos de blog, eu desejo pra vocês e pra mim:
“serenidade para aceitar aquilo que não pode ser modificado...
coragem para mudar o que deve e pode ser mudado...
e sabedoria para distinguir uma coisa da outra..."
E também quero pra todas nós:
“beijos sem tréguas
Quero sete mi'léguas
Sem descansar
Quero ver
Se você tem atitude
Se vai encarar...”

E aí, vai encarar?